Histórias, dicas, curiosidades para te inspirar e manter o foco

Como funcionam os estudos nos Estados Unidos?

Uma questão que vêm sido repetida entre os futuros estudantes-atletas é como funcionam as aulas e os treinos em uma faculdade americana. Quantidade de horas, conteúdo das aulas, funcionamento dos treinos e a preocupação fundamental: como é vivenciar isso em inglês?

Para a sua surpresa, o inglês é a parte mais tranquila na vida de um estudante-atleta.

Na vida cotidiana de um estudante-atleta nos EUA, principalmente nos primeiros meses, há alguns problemas na comunicação em circunstâncias específicas. Por exemplo, no seu time da faculdade. O elenco terá várias jogadoras do mundo todo, com sotaques completamente diferentes um do outro. Isso pode dificultar a compreensão e a comunicação entre atletas e até treinadores, que também podem ser de outros países e utilizam alguns termos específicos do voleibol falados em seu país de origem.


Nas salas de aula, isso quase não ocorre. A maioria dos educadores são americanos que falam inglês moderado e claro, pois percebem que as faculdades têm uma grande quantidade de estrangeiros. Em geral, os alunos não têm problema em entender o conteúdo, independente do nível de inglês. Com relação às matérias, elas não mudam em relação ao Brasil já que é equivalente a cada curso.


O que varia de uma faculdade americana para uma brasileira são as estratégias de instrução e avaliação. No Brasil, o estudante vai para as aulas, aprende o conteúdo e é avaliado em provas e trabalhos. Em uma faculdade americana, testes, trabalhos e projetos também estão presentes, mas o mais importante é que atividades extracurriculares também têm seu valor na hora de avaliar os alunos.


O que diferencia a educação brasileira da americana


Nas universidades americanas, a educação é extremamente sutil e o conteúdo chega de maneira direta e objetiva, incentivando o processo de aprendizado. Outro elemento é que os dois anos iniciais são compostos de disciplinas básicas, ou seja, matérias gerais que abrangem todos os cursos, entre elas: História, Geografia, Matemática, Inglês, Biologia, etc. É difícil de acreditar, mas é verdade. Esses assuntos que os estudantes brasileiros conhecem desde a escola primária são essenciais nos Estados Unidos.


Sua organização é tudo!


Muitos atletas também têm dúvidas se os estudos e os treinos irão coincidir. Isso não acontece. Nos Estados Unidos os técnicos respeitam muito os estudos. Eles acreditam que para formar grandes atletas o processo se inicia na sala de aula. Grupos de Estudos (Study Hall) são incentivados pelos técnicos fazendo com que todo o time estude junto e diariamente.


Também existem os “advisors” (ou conselheiros), que são profissionais responsáveis por montar a grade escolar dos alunos e ajudá-los no que for preciso. Antes de o semestre começar eles já sabem quais matérias o aluno irá cursar e os horários disponíveis que o mesmo tem para frequentá-las, de modo que não atrapalhem os seus treinos. Em alguns casos os atletas perderão algumas aulas em dias de jogos fora de casa. Nesse caso, os professores também já estão cientes, a falta não é computada e trabalhos e provas serão remarcados.

E aí, se interessou ainda mais em estudar nos Estados Unidos? Entre em contato com a MM Volleyball clicando aqui.

0 visualização
MM Volleyball
Equipe
Serviços
Contato
  • Preto Ícone Instagram

© 2019 MM Volleyball. Bolsas Esportivas para voleibol nos EUA

📧contato@mmvolei.com.br